Média Móvel (mm) Ações Opções Análise Técnica Investimentos Bovespa: InvestMax : análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Chat sobre bolsa de valores e investimentos
 
Dow tempo real
Publicidade

A frase de Charles Dow, “a tendência é tua amiga”, definiu para sempre como se deve operar num mercado de movimentos aleatórios ou incertos. Infelizmente, muitas vezes, a tendência do mercado contraria nosso desejo de operar a qualquer momento, como se o mercado estivesse sempre favorável a nossa pretensão de comprar ou de vender...

Existe uma discussão acirrada entre aqueles que acreditam que a bolsa de valores é um cassino, e os que acham que não. A verdade é que tanto a bolsa como o cassino são bem parecidos por dois motivos; ambos trabalham com probabilidade, e os dois provocam transferência de renda entre os parceiros de negócio. Entretanto...

Quem nunca se enganou lendo gráficos de ações ou de outros ativos financeiros, levante as mãos! Enganamo-nos pelo desejo de encurtar caminho. Esse comportamento faz parte da luta inexorável para melhorar a vida o mais rápido possível, mas cometemos erros. A tentativa dos grafistas para inventar padrões gráficos em busca de significados diferentes faz parte dessa...

Quem opera o mercado financeiro e usa gráficos para analisar ativos, sabe como é frustrante determinar a direção dos preços. A confusão emana do desejo de examinar os gráficos em diferentes períodos. Sabemos que um gráfico visto com velas de um determinado tempo, pode indicar uma direção diferente daquela com velas de outro período...

Com o novo cenário econômico do Brasil, cada vez mais os juros estão mais baixos, e consequentemente os investimentos de renda fixa também. Com isso as perguntas que todo investidor se faz são: Ainda vale a pena investir em renda fixa? Onde obter melhor ganho? É hora de investir em ações na bolsa? ...veja como ficam seus investimentos no cenário atual.

Média Móvel (mm)

Média Móvel (MM - Moving Averange)

Aprenda a usar o indicador técnico média móvel. Um dos mais antigos e mais utilizado. A média móvel é um dos indicadores de tendência mais antigos utilizados na análise técnica. Este indicador é na prática uma média das cotações dos últimos n dias. Há basicamente cinco tipos de médias móveis: exponencial, simples, triangular, variável e pesada. Estas médias móveis podem ser aplicadas sobre qualquer valor do título, desde o volume, passando pelo preço de fecho ou pelo valor de abertura.

média móvel, indicador, indicadores técnicos, análise técnica, analise grafica, moving average, estudos

Para o cálculo de uma média móvel simples de 25 dias basta somar as cotações do título dos últimos 25 dias e dividir por 25. Para traçar o gráfico tem-se que executar este procedimento para cada um dos dias do gráfico a visualizar. Obviamente que para obter a média móvel de n dias para um determinado dia terá que haver obrigatoriamente cotações nos n dias anteriores. E isso pode nem sempre acontecer como no caso de entrada em Bolsa de um novo título.

Para traçar o gráfico tem-se que executar este procedimento para cada um dos dias do gráfico a visualizar. Obviamente que para obter a média móvel de n dias para um determinado dia terá que haver obrigatoriamente cotações nos n dias anteriores. E isso pode nem sempre acontecer como no caso de entrada em Bolsa de um novo título.

Mas qual deve ser a média móvel a utilizar? Essa resposta depende basicamente do tipo de peso que se pretende dar às cotações. No caso de uma média móvel simples, todas as cotações do título têm o mesmo peso ao longo do tempo. No caso da triangular, é dado mais peso às cotações que estão a meio do período de análise. No caso da exponencial é dado mais peso às cotações mais recentes. Por norma, é utilizada a média móvel exponencial que produz melhores resultados na maior parte das situações.

Outra questão pertinente no cálculo de uma média móvel exponencial é a determinação do número de dias a se utilizar no respectivo cálculo. Essa questão prende-se única e exclusivamente ao tipo de análise pretendida. Para isso analise-se a seguinte tabela:

Tendência

N dias

Muito curto-prazo

5 a 13 dias

Curto-prazo

14 a 25 dias

Médio-prazo

50 a 100 dias

Longo-prazo

100 a 200 dias


Para efetuar análises de médio-prazo geralmente utiliza-se a média móvel de 50 dias enquanto que para análises de longo prazo utiliza-se a média móvel de 200 dias. Tanto o valor 50 quanto o valor 200 (39 semanas) são valores empíricos que resultam da experiência acumulada que prova que produzem melhores resultados.

Por último importa analisar a questão mais importante: como é que se interpreta este indicador? Tipicamente numa análise de médio-prazo traça-se o gráfico das cotações juntamente com o gráfico da média móvel exponencial de 50 dias. Sempre que a MME cruze a linha de cotações para um valor superior é acionado um sinal de compra. Sempre que a MME cruze a linha de cotações para um valor inferior está dado um sinal de venda.

Esta análise simplista coloca-nos sempre do lado correto da tendência do mercado. No entanto este indicador não tem valor preditivo acerca da tendência, pois que a reação é sempre mais lenta do que outros indicadores. Assim a recomendação quer de compra ou venda pode ser sempre tardia. Por isso nos próximos artigos iremos nos debruçar sobre outros tipos de indicadores.

Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Sua mensagem (opcional):
Nome: Seu Email: (não será Publicado)
Site: (opcional)
Nofiticar por e-mail novos comentários neste tópico.

Elgem Barreto comentou:

Estes comentários, são os melhores que já encontrei. São didáticos e diretos. Já fiz curso de Analise Tecnica, mas não compreendi muita coisa, pois faltava a contrução/formulas dos indicadores, além de uma linguajar não compreendido. Gosto de compreender devagar, mas com firmeza que aquilo foi entendido.
Parabéns. Serei aluno assiduo deste site.
Att
Elgem
27.3337 2384 - 27.8808 5991


Danilo comentou:

Elgem Barreto,

Obrigado pelo comentário e pela atenção. Seja bem-vindo.


andres comentou:

Didático, fácil de acompanhar a lógica da analise.
Parabéns.

Gostaria muito de aprofundar meus conhecimentos sobre media movil para utilizar esta ferramenta.
Onde posso obter estas medias moveis para analisar ações da bolsa ?


Danilo comentou:

Olá Andres,

Grato por seus comentários.

Para traçar médias móveis você precisa usar uma plataforma gráfica.


Luiz Carlos D. Medeiros comentou:

Muito bem explicado, parabéns...


marcosdr comentou:

Onde posso encontrar neste site algo sobre a análise de fibonacci?

obrigado


Gigio comentou:

Realmente, estes estudos são os melhores que já encontrei. Ja me tornarei um frequentador diario do site.
Parabens...
Sempre indicarei ele para quem quer estudar mais sobre o merc. de k.


Danilo comentou:

Gigio, obrigado, fico contente que tenha gostado.


iwanaga comentou:

Muito bom o material,parebens. eu utilizo MM para operar commodities de café MM1=6 Aritmetica Recorrente e MM2=14 Aritmética Recorrente em grafico de 60min. Porém gostaria de saber se as MM se aplicam para operações de day trade em opçoes. Quais outras ferramentas eu poderia utilizar em day trade de opçoes?

Obrigado


Cleiton comentou:

Muito bom!! entendi tudo é bem didático!!!


Saulo Luiz Zerbinatti comentou:

Didático, linguagem fácil de entender, passarei a utiliza-lo regularmente.
Parabéns.


Gilberto comentou:

No gráfico apresentado acima, o preço do papel deu uma arrancada depois que a MME cruzou de cima para baixo a linha de cotações. Também é esta a explicação que já vi em outras matérias. Mas em seu texto você diz o contrário, ou seja, "sempre que a MME cruze a linha de cotações para um valor superior é acionado um sinal de compra". Trata-se de um engano?


Danilo comentou:

Olá Gilberto,
Realmente a ordem estava inversa, já está corrigido, grato por sua observação.


Cicero Medeiros comentou:

Site Excelente. Parabéns... Já faz uns três meses que venho acompanhado outros sites, e agora descobri esse aqui. Vou acompanhá-lo sempre.