Fundo Duplo Ações Opções Análise Técnica Investimentos Bovespa: InvestMax : análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Fundo Duplo ou W

Como analisar essa formação gráfica da análise técnica - (curso de análise gráfica)

É tipicamente formada por 2 mínimos (A e B) intercalados por um máximo (C) seguidos do rompimento da linha de resistência. Geralmente, este padrão marca a transição da passagem de um período bearish para um período bullish.

Clique na imagem para Ampliar
fundo duplo, suporte, padrao grafico, formação grafica, analise tecnica, açoes, como analisar

Em termos de elementos que compõem este gráfico padrão temos o seguinte:

Tendência: este padrão gráfico é um padrão de inversão de tendência pelo que deverá existir uma tendência prévia que deverá ser invertida. No caso do gráfico acima descrito, existia uma tendência de baixa antes de se começar a formar o fundo duplo.

Primeiro mínimo (A): esta formação é reconhecida pela existência de dois mínimos relativos. Em particular, o primeiro mínimo é a cotação mais baixa do período bearish.

Máximo entre os mínimos (C): entre os dois mínimos ocorre um máximo que poderá ter uma cotação superior em 10% ao valor dos mínimos. O volume geralmente aumenta em torno do máximo, mas revela-se inconsistente para que ocorra um ponto de fuga pelo que a cotação volta a cair.

Segundo mínimo (B): o segundo mínimo deverá ter uma cotação semelhante à do primeiro ainda que se admita que haja uma ligeira diferença em torno dos 3%.

Alta após o segundo mínimo: após o segundo mínimo assiste-se a uma alta da cotação do título que é reforçada por um aumento do volume. Nessa situação, a quebra da linha de resistência deverá estar eminente com os bulls a exercerem uma pressão compradora que os bears não conseguem anular. É usual que ocorra um ou dois gaps.

Linha de resistência torna-se linha de suporte: após o rompimento da linha de resistência é usual que a mesma se torne na linha de suporte.

Um analista, para avaliar corretamente esta formação deverá ter em mente os seguintes pontos:

a. Os mínimos devem estar separados por cerca de um mês. Se forem muito próximos podem apenas ser parte de uma linha de suporte

b. O valor máximo entre os dois mínimos deve ter uma cotação pelo menos 10% superior ao valor dos mínimos. Caso isso não ocorra, a pressão compradora poderá não estar a aumentar por forma a que ocorra o rompimento da resistência.

c. Distinguir os falsos ponto de fugas do ponto de fuga verdadeiro: poderá acontecer um primeiro rompimento da linha de resistência sem que isso signifique que se deu uma inversão de tendência na cotação do título.

Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Sua mensagem (opcional):
Nome: Seu Email: (não será Publicado)
Site: (opcional)
Nofiticar por e-mail novos comentários neste tópico.

 
Publicidade

Respondendo a dúvida de um usuário apresentamos aqui algumas dicas para realizar boas operações para Venda Coberta.

Aproveito a oportunidade para lançar uma breve discussão sobre os swaps, uma modalidade de aplicação financeira pouco utilizada no Brasil mas que nos afeta diretamente.  Swap significa troca, nesse caso, de  dois ativos com retornos e riscos diferentes. Atualmente esta havendo uma grande reversão dos swaps de moedas que, de forma célere, revela-se bastante nefasta para muitas economias...

Somos fascinado pelo o sucesso. A força psicológica da vitória é tão grande que exageramos os ganhos e escondemos as perdas nas bolsa de valores e em outros afazeres. Embora a realidade numérica seja outra, pois em todos campos de atividades existem mais perdedores do que ganhadores; mesmo assim, não gostamos de lembrar das perdas...

Os investidores estrangeiros representam mais de 1/3 dos négocios na bovespa. Portanto o fluxo de recursos estrangeiros tende a ditar o movimento de uma boa fatia do mercado.Veja a participação nos Contratos Futuros do IBOVESPA

Nesta nota vamos analisar como num dia de operação o investidor pode aumentar os ganhos num montante que daria inveja a qualquer robot dos “High frequence traders” – jogadores de alta frequência.