Simplificando o Complicado na Compra de Ações Análise Técnica Investimentos: análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Simplificando o Complicado na Compra de Ações

Professor Metafix

Simplificando o Complicado na Compra de Ações

"O mercado é tão complexo quanto o gênero humano mas operar nele é tão simples quanto comprar barato e vender caro." O escritor americano, Mark Twain, dizia que o problema com o senso comum (o bom senso) é o de que ele não é muito comum. Às vezes, sinto que operadores no mercado de ação, com medo de errar, talvez, complicam o que é simples e simplificam o que é complexo. O mercado é tão complexo quanto o gênero humano mas operar nele é tão simples quanto comprar barato e vender caro. Assim mesmo, erramos.

Alguns, senão muitos, preocupam-se tanto que tentam separar valor de preço. Existe um ditado que se aplica a todos, mas é especificamente usado para definir economista como sendo aquele profissional que sabe o preço de tudo mas não sabe o valor de nada! Na realidade a brincadeira é séria e, os economistas estão certos pois, para que se preocupar com valor se os ganhos estão na diferença de preço?

"O valor é uma medida complexa, subjetiva e de natureza pessoal que envolve desejos e emoções que vão além da simples matemática" O valor é uma medida complexa, subjetiva e de natureza pessoal que envolve desejos e emoções que vão além da simples matemática. O preço é simplesmente uma medida de comparação que o mercado atribui a uma certa mercadoria num determinado momento, independente da característica do produto e de preferência pessoal isolada.

O valor é aquilo que cada um determina em termos de utilidade para satisfazer as necessidades ou prazeres pessoais. Uma mercadoria com um preço único pode ter valores diferentes para diferentes pessoas. O preço representa o lado econômico e o valor o lado sentimental e utilitário. O que isso significa para um investidor? Nada, simplesmente nada, apenas avisa para se ter bom senso e evitar comparações de natureza subjetiva.

O investidor deve se distanciar da idéia de que ele ou ela isoladamente consegue determinar o que é barato e o que é caro porque a tradição nos atormenta com a idéia de que o preço representa valor. A coisa é simples, devemos concentrar nossos esforços na direção dos preços porque a diferença entre a compra e a venda determina o lucro dos negócios. Isso significa que preço baixo, isoladamente, tem pouca importância. O que interessa é o preço esperado comparado com o atual.

Claro que quando lidamos com mercadorias tangíveis podemos pensar na diferença entre preço e valor, mas na bolsa só existem dois segmentos, compradores e vendedores, e só interessa uma coisa, lucro. Precisamos simplificar a operação comprando barato e vendendo caro independente de opiniões utilitárias sobre o produto ou companhia que a ação representa.

Quem determina o valor comercial de qualquer produto é o mercado. Ele é o sol que ilumina a trajetória do investidor, mas é também aquele disco incompreensível que queima os apressados e inconformados que procuram dados e correlações espúrias para guiar suas decisões.

"Se o preço de uma ação cai muito em relação a média das outras é porque o mercado está indicando que tal ação não vale o preço estampado"

Se o preço de uma ação cai muito em relação a média das outras é porque o mercado está indicando que tal ação não vale o preço estampado. Dado essa situação, queremos saber se o preço vai subir e produzir lucro tanto quanto outras ações que não caíram. Essa comparação é fundamental.

"O problema de escolher uma ação pra comprar é uma decisão simples que complicamos" O mercado de ações é o mais simples de todos porque não considera as características utilitárias de uma ação. O problema de escolher uma ação pra comprar é uma decisão simples que complicamos, mas para o mercado não existe diferença entre preço e valor. O que podemos fazer, como já sugerir em outro artigo nesse site é comparar o preço de uma ação com o preço de ações dentro do mesmo grupo.

Por exemplo, podemos comparar o preço da Petrobras com uma empresa maior e líder do setor como a Exom americana. A comparação é importante porque dar uma base mais estável, mais objetiva e mais confiável do que a da nossa imaginação. Examine o gráfico abaixo e veja a evolução dessas duas ações.

Simplificando o Complicado na Compra de Ações

A linha verde indica o movimento de preço da Petrobras e a marrom da Exom (xom). Note que no início de julho e no dia 13 do mesmo mês, o preço da Petrobras cruza o da Exom. No inicio, o preço da Petrobras estava muito caro em comparação com o da Exom; depois caiu e ficou mais barato e, próximo o dia 13 de julho, cruzou novamente a Exom , tornado-se mais caro.

O exercício mostra que a Exom é mais estável porque talvez sofre menos influencia de fatores que afetam a Petrobras. Ela também é líder do mercado de tal maneira que para onde ela for as outras vão. A força da gravidade da Exom atrai o preço da Petrobras, e não permite que este se distancie muito do preço dela. Quem negociou com a Petrobras nesses dois últimos meses comprando quando estava mais barata e vendendo quando estava mais cara, aproveitou bem os desvios e lucrou mais do que com os preços da própria Exom que estiverem quase sempre mais baratos.

Professor Metafix

Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Sua mensagem (opcional):
Nome: Seu Email: (não será Publicado)
Site: (opcional)
Nofiticar por e-mail novos comentários neste tópico.

Antonio S. Sousa comentou:

Obrigado professor por convidar-me para fazer parte do grupo de seus admiradores neste site.
Boa noite e ate amanhã


wsmatta comentou:

Regra pratica interessante. Farei uso nas minhas proximas investidas na compra de ativos.
Seria interessante que tivessemos parametros para os diversos setores aqui no Brasil (nao os conheço, devem existir certamente).


altamiroruas comentou:

Neste caso, PERT4 parece cara.
Mas, fazendo a mesma comparação com DJI, está barata...
Grato pela dica!


Luis comentou:

Gostei muito das informações recebida, to querendo aplicar algum dinheiro em ações, mas ainda tenho receio dos riscos e de instituições que usam de má.
Poço usar meu fundo de garantia inativo para compra ações?


rondinele comentou:

Muito bom professor, estava na duvida em qual empresa de comodities iria aplicar, mas agora me decidir devido ao seu comparativo, posso analisar melhor os parametros.
Grato.
Rondinele


Edwaldo comentou:

Minha esposa tem algumas ações que estão no Banco Itaú e está querendo vender, o Banco já deu mais ou menos o valor só que ela não pode abrir conta pois seu nome está no serasa, como ela poderá negociar essas ações? O pessoal do Banco disse que ela tem que procurar pessoas que estão em ações independentes, essa informação procede? Antecipadamente muito obrigado Professor


 
Publicidade

Estudo que visa indicar onde estão concentrados os grandes investidores ajudando na direção de posições. Veja a força dos Comprados e Vendidos nas Opções da PETR4

Aproveito a oportunidade para lançar uma breve discussão sobre os swaps, uma modalidade de aplicação financeira pouco utilizada no Brasil mas que nos afeta diretamente.  Swap significa troca, nesse caso, de  dois ativos com retornos e riscos diferentes. Atualmente esta havendo uma grande reversão dos swaps de moedas que, de forma célere, revela-se bastante nefasta para muitas economias...

Com o novo cenário econômico do Brasil, cada vez mais os juros estão mais baixos, e consequentemente os investimentos de renda fixa também. Com isso as perguntas que todo investidor se faz são: Ainda vale a pena investir em renda fixa? Onde obter melhor ganho? É hora de investir em ações na bolsa? ...veja como ficam seus investimentos no cenário atual.

O comércio de moedas é um dos mais antigos do mundo e na atualidade o mais ativo e volumoso. Na época do império romano já existiam cambistas trocando moedas. Era comum encontrar esses delaers nas feiras ou onde houvesse aglomerações de pessoas, especialmente...

Os investidores estrangeiros representam mais de 1/3 dos négocios na bovespa. Portanto o fluxo de recursos estrangeiros tende a ditar o movimento de uma boa fatia do mercado.Veja a participação nos Contratos Futuros do IBOVESPA