Exemplo de Hedge com opção de compra : análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Exemplo de Hedge com opção de compra

Exemplo de Hedge com opção de compra (call)

Imagine um importador com a dívida em dólares de US$500.000,00 para o prazo de três meses. Acompanhando a projeção da cotação do dólar, tem receio de que haja alta na moeda norte-americana. Decide, então, fazer uma operação de hedge com opções de dólar. Portanto, caso haja exercício da opção, fixará o valor de sua dívida em dólares no nível de R$2,31/US$1,00. No mercado, ele encontra uma opção de compra (call) com preço de exercício de R$2.200,00/US$1.000,00 e prêmio de R$110,00/US$1.000,00.

Observação: os contratos de opções de dólar da BM&F são cotados em reais por US$1.000,00. Logo, as cotações devem ser lidas da seguinte forma:
R$2.200,00/US$1.000,00 = R$2,20/US$1,00
R$110,00/US$1.000,00 = R$0,11/US$1,00

Montagem da operação

Primeiro passo: entender seus propósitos, conforme segue.

a) Qual é a dívida do importador?

US$500.000,00.
b) A qual o risco o importador está exposto?
Alta da moeda norte-americana diante do real.

c) Qual foi a decisão do hedger?
Comprar opções de compra (call) com o preço de exercício de R$2,20. Em outras palavras, o importador está disposto a adquirir um seguro que lhe permita fixar o preço da taxa de câmbio em nível confortável.

d) Por que escolheu esse preço de exercício?
O preço de exercício de R$2,20 foi escolhido porque, somado ao prêmio da opção, alcança R$2,31/US$1,00. Este é o máximo que o importador quer desembolsar em reais para comprar dólares.

e) Quantos contratos são necessários para o hedge?
Número de contratos = dívida/50.000,00 = 10 contratos (US$50.000,00 é o tamanho do contrato-padrão negociado na BM&F.)

Segundo passo: visualizar o resultado da operação.

Despesa da operação (gasto com o prêmio):
Valor de liquidação do prêmio = valor do prêmio × número de contratos × U$50.000
VLP = R$110,00/US$1.000,00 × 10 × 50.000 = R$55.000,00

Mercado a vista
Valor da dívida × cotação do dólar ao final de três meses
500.000,00 × 2,70 = –R$1.350.000,00

Preço máximo pago pelo importador
Dívida × cotação do dólar + prêmio
500.000 × (2,20 + 0,11) = R$1.155.000,00

Operação com opções
10 × [2.700,00 – (2.200,00 + 110,00)] × 50 = R$195.000,00

Resultado do hedge
Mercado a vista + operações com opções = preço máximo pago pelo importador
–1.350.000,00 + 195.000,00 = R$1.155.000,00

O resultado acima reflete exatamente o desejo do importador de fixar o preço máximo de R$2,31/US$ para a compra de dólares.

Na operação com opção de compra (call), o comprador adquiriu um seguro para se proteger de eventual elevação no valor da moeda norte-americana perante o real. No exemplo, a cotação alcançou R$2,70/US$1,00, o seguro foi acionado e o importador, via mercado de derivativos, fixou o valor em reais de sua operação comercial. Caso o exercício não ocorresse, o importador teria despendido apenas o prêmio da opção.

Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Sua mensagem (opcional):
Nome: Seu Email: (não será Publicado)
Site: (opcional)
Nofiticar por e-mail novos comentários neste tópico.

 
Publicidade

Swing trading, é uma forma mais tranquila para se operar o mercado de ações, de futuros (commodities e índices) ou forex do que o Day Trading. Com Swing Trading contempla-se um tempo maior, diminui-se o risco, aumentam-se os lucros...

Muitas pessoas investem em renda variável utilizando-se desse tipo de operação. Entretanto nem todos sabem exatamente a melhor forma de se calcular as taxas reais apresentadas na montagem. Alguns calculam errado e nem sabem... Veja a maneira correta e a melhor forma de escolher a opção para lançamento coberto.

O mercado é tão complexo quanto o gênero humano mas operar nele é tão simples quanto comprar barato e vender caro. Assim mesmo, erramos. Veja como evitar isso...

Somos fascinado pelo o sucesso. A força psicológica da vitória é tão grande que exageramos os ganhos e escondemos as perdas nas bolsa de valores e em outros afazeres. Embora a realidade numérica seja outra, pois em todos campos de atividades existem mais perdedores do que ganhadores; mesmo assim, não gostamos de lembrar das perdas...

Quem nunca se enganou lendo gráficos de ações ou de outros ativos financeiros, levante as mãos! Enganamo-nos pelo desejo de encurtar caminho. Esse comportamento faz parte da luta inexorável para melhorar a vida o mais rápido possível, mas cometemos erros. A tentativa dos grafistas para inventar padrões gráficos em busca de significados diferentes faz parte dessa...