Análise Matinal do Mercado Ações Opções Análise Técnica Investimentos Bovespa: análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Análise Matinal do Mercado

Professor Metafix

Análise Matinal do Mercado

             Todos os dia alguém me pergunta se as ações vão subir ou vão cair? Tenho duas respostas para esse tipo de pergunta: uma é irônica, a outra é muito séria. Esta deveria ser a única mas, ai não teria graça! Ninguém quer errar, mesmo quando se antecipa os fatos. Eu também não quero e antecipo os acontecimentos com uma profecia infalível; digo que algumas ações vão subir e outras vão cair! Sei que não disse nada mas, pelo menos, não menti e fiz alguém ri!

             A segunda resposta é muito séria e á única que deveria dá em qualquer circunstância; simplesmente digo – não sei! Isto é verdade. Não sei e ninguém sabe. Não temos como antecipar os fatos para extrair a verdade. Podemos errar até mesmo quando temos informações privilegiadas. Na realidade, a maioria erra e perde e todos perdem de vez em quando! Entretanto, antes da bolsa abrir aqui nos Estados Unidos e ai no Brasil, faço uma análise matinal para tirar minha própria impressão.

            O leitor talvez se lembre das obras de Agatha Christie. O investigador Monseigneur Poirot, quando indagado sobre o culpado, sempre respondia com desprezo e uma afirmação bastante inocente – não sei. O método de Poirot é bastante instrutivo e simples; aos poucos ele levantavas as dúvidas e lentamente ia juntando os suspeitos até que eles revelassem a verdade. Ele sabia que a verdade não tinha pressa, mas a mentira era impaciente e pipocava na boca de alguns suspeitos mesmo quando eles ou elas não tinham culpa do crime. Assim, são os mercados e as ações. Precisamos ouvi-los, mesmo quando corremos o risco de ser enganado.

            Procedo todas as manhãs com minhas indagações para não antecipar os fatos, mas para acompanhar o que já aconteceu em outros mercados. Assim, procedo lentamente; vou apreciando as notícias e descobrindo aos poucos o que pode acontecer. Não é necessário se apressar, já está escrito. O que acontece nos mercados europeus, na Asia e com algumas varáveis são indicadores do que pode acontecer nos mercados americano e brasileiro naquele dia.

            Parto do princípio que é fácil mentir, mas é duro encontrar a verdade mesmo quando se levanta cedo procurando por ela. Infelizmente, não podemos nem planejar nem sistematizar nossas jogadas sem ter uma idéia do que pode acontecer naquele dia. Isso é fácil, os dados estão disponíveis na internet. No mercado não interessa tanto a verdade como numa investigação criminal. No mercado sempre trabalhamos com suspeitas e probabilidades. Essa é fundamental pra orientar as jogadas do dia e as que virão depois. Quanto maior a probabilidade do mercado ir pra um lado, menor o risco de se errar. Infelizmente, mesmo depois de uma análise dos fatos continuaremos sem saber, mas com menos chance de errar.

            Vivemos num mundo maravilhoso, onde temos quase tudo na ponta dos dedos; basta um pouco de manipulação digital para encontrar as informações disponíveis na internet sobre todas as ações e mercados mundiais. Vivemos distante como se morássemos no mesmo lugar. Nesse sentido, estamos numa posição privilegiada, num cantinho desse planeta. Podemos ver como os índices das ações, o dólar americano, o índice futuro do Dow Jones e as commodities se comportaram durante a noite. Esses dados não garantem nada, mas indicam com grande probabilidade como o mercado americano e o brasileiro vão se comportar naquele dia. Como não temos certeza e trabalhamos com probabilidade é fundamental que essas informações indiquem a direção dos negócios naquele dia.

            Os mercados se comunicam por meio das trocas de mercadorias, por meio dos investimentos e aplicações financeiras, e via os sentimentos dos investidores. Estes últimos estão sempre “juntos conspirando” para aumentar ou derrubar os preços. Não conhecemos os personagens, são anônimos, mas sentimos a força dos “conluios” que se montam nos mercados. Sempre que os dados fundamentais falham sabemos que houve alguma “conspiração” pra mudar os preços. Por isso, os indicadores gráficos ajudam também nesse tipo de investigação.

            Apesar da enorme tarefa pra analisar todas essas informações, é possível simplificar resumindo tudo. Os índices das principais bolsas e as outras variáveis que acabei de mencionar revelam a pretensão dos grandes players e indicam o caminho mais provável dos preços naquele dia.

            Tudo que acontece, lá e cá e alhures, reflete-se nas bolsas de valores. Elas são a sentinela avançada ou o termômetro dos negócios; avisam com antecedência quando algo não vai bem na economia ou quais são as expectativas para o futuro naquele momento. Os mercados na Europa abrem bem antes dos Estados Unidos, quando os da Asia estão se fechando. A influência dos mercados europeus, tanto nos Estados Unidos como no Brasil é notável por causa do enorme comercio e do movimento de capital entre eles.  

            Além dos índices das ações andarem juntos, os grandes investidores no mundo inteiro acompanham as mudanças e corroboram pra que elas sejam mais intensa ou menos significantes. Além disso, os preços das commodities reagem da mesma forma; sobem com as outras ações, e reagem negativamente às mudanças na cotação do dólar americano. Assim como os especuladores, os agricultores e as mineradoras estão de olho nos mercados.

            Por outro lado, os bancos se preocupam com as moedas. Por exemplo, a moeda americana no mercado internacional é um investimento de ultima linha pra onde converge quase toda liquidez. Outra parte do dinheiro corre para as outras moedas que compõem o índice do dólar ou dólar index, especialmente o euro. Os investidores se desfazem das posições em dólar e aumentam em ações, no euro e outras moedas que compõem a cesta do dólar index. Por isso que vemos o euro subindo com o preço das ações e o preço das commodities variando inversamente ao dólar. Entretanto, deve se observar que nem sempre isso acontece, e muitas vezes a correlação pode ser fraca.

            Por fim, deixo aqui o link para um site onde encontrar essas informações. Para quase tudo procure o www.ino.com, lá você vai encontra cotações pra tudo. Para os índices mundiais examine os dados financeiros do Yahoo finanças e do Google finanças. Existem muitos outros sites que podem ajudar. Entre no Google com palavras especificas que aparecerá uma serie de sites com as informações desejadas.

Boa Sorte

Prof. Metafix

Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Sua mensagem (opcional):
Nome: Seu Email: (não será Publicado)
Site: (opcional)
Nofiticar por e-mail novos comentários neste tópico.

enzo comentou:

Caro Prof-metafix,
- ao longo do dia, observamos a consolidação das decisões em alocar ou liquidar posições em ativos que participam dos respectivos índices...
- ao longo de semanas, a tendência maior fica cristalizada...
- então, dos mercados de derivativos, em especial de futuros, poderemos depreender a expectativa sobre a provável resultante que o índice deverá seguir, em função das posições compradas/vendidas dos participantes dos respectivos índices?
grato;


Prof-Metafix comentou:

Caro Enzo, o que voce diz que ve, como consolidações, cristalizações de tendencias etc, não interpreto assim e nem vejo dessa forma, porque me parece como algo definitivo, pelo menos em termos semanais. O o perador tem que decidir eh se ele vai operar DT seguindo tendencias visto pelo tempo diario, ou se vai operar uma tendenca maior acompanhando os swings do mercado. As possibilidades sao muitas, mas apenas algumas se cristalizam. Essa cristalização acontece quando conseguimos alinhar os tempos graficos numna mesma direção, a direção da tendências que desejamos seguir.
Nao esqueça que existem tendências em diferentew tempos graficos e swings dentro destas em tempos graficos menores. O alinhamento eh chave do sucesso, sem isso nao tem lógica. obrigado, Metafix


 
Publicidade

Orientações de como calcular o imposto de renda para operações em bolsas. Isenções, forma de cálculo, o que é considerado ganho, o que pode ser abatido...

Relação das empresas com aumento de volume significativo.

Os governantes das principais economias, por razões políticas, ainda teimam e sonham com um fim benigno da crise que já perdura por mais de 4 anos. Enquanto isso, a maioria dos investidores continua frustrada com a indefinição do mercado de ações. Os que tiveram sucesso com esse tipo de investimento...

Quem opera o mercado financeiro e usa gráficos para analisar ativos, sabe como é frustrante determinar a direção dos preços. A confusão emana do desejo de examinar os gráficos em diferentes períodos. Sabemos que um gráfico visto com velas de um determinado tempo, pode indicar uma direção diferente daquela com velas de outro período...

Sabemos que o problema da maioria das economias é o nível de endividamento. Enquanto esse problema não for equacionado, as economias não crescerão num ritmo suficiente para criar novos empregos. Até agora a China era considerada uma ilha de exceção. Entretanto, algumas notícias revelam um quadro um pouco preocupante. Os jornais noticiam uma crise de crédito...