Lançamento coberto 21.8 : análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

 
Publicidade

O comércio de moedas é um dos mais antigos do mundo e na atualidade o mais ativo e volumoso. Na época do império romano já existiam cambistas trocando moedas. Era comum encontrar esses delaers nas feiras ou onde houvesse aglomerações de pessoas, especialmente...

Quem nunca se enganou lendo gráficos de ações ou de outros ativos financeiros, levante as mãos! Enganamo-nos pelo desejo de encurtar caminho. Esse comportamento faz parte da luta inexorável para melhorar a vida o mais rápido possível, mas cometemos erros. A tentativa dos grafistas para inventar padrões gráficos em busca de significados diferentes faz parte dessa...

Considero o alinhamento automático a forma mais segura para entender o movimento dos preços das ações. No último artigo desta série prometi que usaria alguns gráficos para ilustrar essa metodologia. Alinhando os movimentos com os gráficos, podemos eliminar as contradições que muitas vezes ocorrem entre os movimentos de preços de períodos diferentes e enganam o operador.

A Bovespa divulga em seu site a volatilidade histórica dos ativos. Entretanto, para facilitar, criamos esta tabela onde é apresentada a volatilidade histórica dos principais ativos, de forma a permitir as comparações entre respectivos períodos e ativos.

Muitas pessoas investem em renda variável utilizando-se desse tipo de operação. Entretanto nem todos sabem exatamente a melhor forma de se calcular as taxas reais apresentadas na montagem. Alguns calculam errado e nem sabem... Veja a maneira correta e a melhor forma de escolher a opção para lançamento coberto.

Aproveito a oportunidade para esclarecer que o alinhamento automático serve pra mostrar com mais clareza a direção do mercado...

Esse indicativo pode nos chamar a atenção para algum ativo com boa formação de suporte ou resistência, criando possibilidades de compra ou venda.

O conteúdo exposto aqui, sejam integrantes do Investmax ou não, são apenas opiniões e não são sugestões e indicações de operações. Cabe a cada um fazer sua análise e tomar suas próprias decisões.


Autor Mensagem
domenico

Usuário Senior

139 posts
21/08/2009 09:17:57

Bom dia

Realizei um lançamento coberto ontem, 1,00 petri34 mas verificando o gráfico da mesma percebi que houveram lançamentos de até 3,00 em julhor por exemplo.

Minha pergunta é.....quanto mais distante do vencimento melhor o lançamento?Ou é melhor ficar na batidinha mensal?

 

Oque acham?

 

Abs


Respostas [ escrever resposta ]
Danilo

Usuário Senior

446 posts
respondido em 21/08/2009 09:45:16

em geral é melhor as trocas mensais, porém depende de estratégias e condições de mercado, outras séries podem apresentar uma estratégia interessante, raramente eu uso, casualmente no mês passado eu utilizei.

abraço


tlaurientz

Novo usuário

1 posts
respondido em 24/08/2009 21:33:24

As opções possuem valor intrínseco e extrínseco.

O valor intrínseco é aquele valor que a opção tería no dia de vencimento. Por exemplo: PETRI30 deveria valer 33.21 - 29,75 = 3,46 (valor intrínseco) mais ela está valendo 3,80 (pelo menos é o preço que fechou as 17:07). A diferença entre o valor 3,80 e o valor 3,46 é o que chama-se valor extrínseco ou valor do tempo. Neste caso, 34 cvs é o que os investidores pagam pelo tempo remanescente ou pela probabilidade da ação ultrapassar os 33,55 (29,75 + 3,80).

Resumindo, quanto mais longe está o vencimento da opção mais valor extrínseco estará embutido na opção. Eu não recomendo lançar opções com vencimentos muito distantes ja que corre-se o risco da opção subir e descer muito nesse período. Tres meses seria o máximo para mim. Eu particularmente vendo sempre o próximo vencimento, procurando uma boa taxa (1% mensal ja é muito bom) com uma boa cobertura contra queda (8% a 15%).


Danilo

Usuário Senior

446 posts
respondido em 25/08/2009 07:42:24

A colocação do tlaurientz está correta, apenas para completar a informação o valor extrínseco, além de maior qto mais longe do vencimento,  tb será maior qto maior for a volatilidade esperada para o período.

att.,