instrucao 434 CVN 29.3 Ações Opções Análise Técnica Investimentos Bovespa: análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

 
Publicidade

Nesta nota vamos analisar como num dia de operação o investidor pode aumentar os ganhos num montante que daria inveja a qualquer robot dos “High frequence traders” – jogadores de alta frequência.

Há uma grande discussão nas universidades que já perdura por algum tempo sobre a racionalidade e a eficiência dos mercados. Os temas são complexos e importantes para quem deseja investir e quer saber se o preço de uma determinada ação está alto ou está baixo...

O mercado financeiro é cheio de contradições. Os conflitos são constantes porque encerram nossos desejos instáveis de atuar como compradores e como vendedores. Enquanto nos outros mercados, os compradores aguardam os preços caírem pra comprar mais barato...

Orientações de como calcular o imposto de renda para operações em bolsas. Isenções, forma de cálculo, o que é considerado ganho, o que pode ser abatido...

Existe uma discussão acirrada entre aqueles que acreditam que a bolsa de valores é um cassino, e os que acham que não. A verdade é que tanto a bolsa como o cassino são bem parecidos por dois motivos; ambos trabalham com probabilidade, e os dois provocam transferência de renda entre os parceiros de negócio. Entretanto...

A Bovespa divulga em seu site a volatilidade histórica dos ativos. Entretanto, para facilitar, criamos esta tabela onde é apresentada a volatilidade histórica dos principais ativos, de forma a permitir as comparações entre respectivos períodos e ativos.

Dizem que os chineses definem crise com dois caracteres, perigo e oportunidade. Em escrever sobre a crise econômica atual o autor corre muito risco e pouca oportunidade de apresentar algo concreto para o leitor. Dito isto, e sem querer contrariar a verdade chinesa, proponho alguns considerações sobre a crise econômica mundial...

O conteúdo exposto aqui, sejam integrantes do Investmax ou não, são apenas opiniões e não são sugestões e indicações de operações. Cabe a cada um fazer sua análise e tomar suas próprias decisões.


Autor Mensagem
thiago.terence

Novo Usuário

3 posts
29/03/2011 12:01:49

Instrucao 434 CVM

1. O que é um agente autônomo de investimento pessoa natural?

É a pessoa física que obtém registro na Comissão de Valores Mobiliários - CVM - para exercer a atividade de distribuição e mediação de valores mobiliários, sob a responsabilidade e como preposto de instituição integrante do sistema de distribuição de valores mobiliários.

Observação: Valores mobiliários e sistema de distribuição de valores mobiliários encontram-se descritos, respectivamente, nos artigos 2º e 15 da Lei nº 6.385/76.

2. Quem pode exercer a atividade de agente autônomo de investimento?

A atividade de agente autônomo de investimento somente pode ser exercida por pessoa natural ou jurídica autorizada pela CVM, que mantenha contrato para distribuição e mediação com uma ou mais instituições integrantes do sistema de distribuição de valores mobiliários.

3. Quais os requisitos necessários para obter a autorização para o exercício da atividade de autônomo de investimento - pessoa natural?

 Ter domicílio no Brasil;
 Ter o ensino médio concluído (no Brasil ou no exterior);
 Ter sido aprovada(o) em exame técnico específico para agente autônomo de investimento, organizado por entidade certificadora autorizada pela CVM (ver observação abaixo);
 Não estar inabilitado(a) ou suspenso(a) para o exercício de cargo em instituições financeiras e demais entidades autorizadas a funcionar pela CVM, pelo Banco Central do Brasil, pela Superintendência de Seguros Privados - SUSEP ou pela Secretaria de Previdência Complementar - SPC;
 Não ter sido condenado(a) criminalmente, ressalvada a hipótese de reabilitação;
 Não estar impedido(a) de administrar seus bens ou deles dispor em razão de decisão judicial.
 

Em nenhum momento a CVM fala que o agente autonomo tem que ter exclusividade a uma corretora! Isso esta sendo um pratica de mercado, até porque iria descaracterizar o "Agente Autonomo" . Esta sendo vinculado também que o agente autonomo não pode ter seu nome inserido nos orgãos de proteção ao credito( serasa/SPC) o que a CVM também não regulamenta. 

 


Respostas [ escrever resposta ]
thiago.terence

Novo usuário

3 posts
respondido em 30/03/2011 13:00:03

Atencao a todos,

 

Oficio circular de 03 de Dezembro de 2010 /053/2010-DP , regulamenta a nova ''lei''.

 

Abs